sábado, 14 de abril de 2012

Capoeira da Bahia: Samuel Querido de Deus


Este guia de ruas e dos mistérios de Salvador da Bahia é dedicado a José de Barros Martins que me levou a escrevê-lo, a Sergio Milliet, Dante Bufoni, Fernando de Barros e a Moacir Guimarães, sertanejo que, quando está na capital é o dono absoluto  da cidade, seu verdadeiro e indiscutível dono, seu anfitrião também.

È desta forma que Jorge Amando anuncia suas pretensões com a obra "Bahia de todos os Santos", um tipo de roteiro escrito em 1944 e elaborado para aqueles que quisessem conhecer a capital de sua Bahia, em que o autor descreve de lugares, costumes, eventos e personalidades entre outros aspectos da cidade de Salvador.
Sobre este último, num capítulo intitulado Personalidades, Amado narra sobre uma personalidade do mundo da capoeira da Bahia, da década de 40. Ele descreve a astucia e qualidades de Samuel Querido de Deus, um pescador que quando retorna de suas longas viagens ao mar para a pescaria participa de rodas de capoeira e que, não se importando com a juventude ou com o vigor de seus adversários os derrota um a um.

Divirta-se com a leitura:



















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...