domingo, 30 de setembro de 2012

DOCUMENTÁRIO - ARTES DA CAPOEIRA

Eu sou fruta madura
que cai do pé lentamente
na queda larga a semente
procura uma terra fresca
para ser fruta novamente.

                                                                                 Mestre João Grande.

Uma coisa leva a outra e essa outra a outras. Bem, foi assim com minhas pesquisas sobre o trabalho de Frede Abreu, elas me levaram a conhecer um documentário produzido por ele: Artes da Capoeira. 
Aqui o material foi dividido em três partes, cada uma voltada a um questionamento diferente, mas todas ligadas ao universo da capoeira: a primeira, podemos relaciona-la a musicalidade e aos instrumentos da capoeira; a segunda sobre seus movimento, sua forma de "dançar"; e por último, a religiosidade e o ritual da capoeira. 
O documentário conta com a contribuição de Mestre Curio, Mestre Nelito, Mestre Cobrinha Mansa, Mestre Nenel, Mestre Gigante, Mestre Tonho Mateira, Mestre Moraes, Mestre Olavo, Mestre Timbo e Mestre João Grande.

video

video

video


domingo, 23 de setembro de 2012

Cidades: PIRACICABA tem Capoeira Angola!

Iniciamos uma série de postagens que divulgarão cidades no Brasil e do Mundo onde se prática a Capoeira Angola.

Tem Capoeira Angola de qualidade na cidade de Piracicaba, interior do estado de São Paulo, Brasil. Lugar onde se estabeleceu a sede da Escola de Capoeira Angola Raiz de Angola, de Mestre Zequinha.

L

Piracicaba foi fundada em 1767 às margens do Rio Piracicaba, mas somente no século XIX que o município começou a se destacar com cultivo da cana-de-açúcar e do café. Essa produção agrícola, contudo, ainda no início do  século XX entrou em decadência. Como saída a cidade se voltou para a industrialização, muito ligada ao agronegócio, ao setor metal-mecânico e de equipamentos destinados à produção de açúcar. Isso a coloca hoje entre as cidades mais importantes economicamente no país.

Além da importância econômica, a cidade de Piracicaba é também um importante centro cultural de sua região. Muitos de seus bairros (Santa Olímpia e Santana, o Horto Florestal de Tupi e o Balneário de Ártemis) são áreas de preservação ambiental, outros localizados na região central às margens do rio Piracicaba são parques de visitação turistica. Tradicionalmente a história da cidade é contada pela vinda de bandeirantes no século XVIII, pelos grandes empreendimentos agrícolas do século XIX e pelo seu pioneirismo da industrialização no século XX. No entanto, ela reserva outras inúmeras facetas. 
Parque do Mirante.
Rua do Porto.
Vista do Engenho Central e Saldo
ESALQ - Escola de Agronomia Luiz de Queiroz
Relevante a Capoeira, lembremos da Sociedade Treze de Maio (fundada em 1901 com o nome de Sociedade Beneficente Antonio Bento e que trocou de nome em 1908) fundada por negros que pretendiam comemorar a libertação dos escravos. Hoje é um importante espaço de reverencia as tradições afro-descendentes. Esse espaço é muito conhecido por Mestre Zequinha, homem de grande envolvimento com ações pela liberdade e pelo cultivo das tradições afro-descentes.

Visite a cidade, e lembre-se de conhecer a roda de Mestre Zequinha sempre às sextas-feiras (19:00 hs).







terça-feira, 18 de setembro de 2012

O Barracão do Waldemar - Frede Abreu



A partir de uma proposta de seminário, ou melhor, de uma proposta para os encontros periódicos com que o grupo Semente do Jogo de Angola núcleo Barão Geraldo realiza seus estudos sobre a capoeira angola, o livro “O Barracão do mestre Waldemar” me foi apresentado. Infelizmente não pude na ocasião comparecer ao seminário, no entanto, a vontade de conhecer essa obra de Frede Abreu foi grande e empreendi a leitura. Como a reprodução e a transmissão não são permitidas, farei somente alguns comentários recomendando como compra obrigatória para qualquer capoeirista.

O livro conta, a sua maneira, uma série de aspectos sobre capoeira angola cujo elo entre eles é a vida de Mestre Waldemar. Mestre de um tempo em que o ensinar capoeira acontecia de outra maneira, e não a nossa, pegando na mão do aprendiz e o colocando para jogar com os mais velhos para aprender a se virar desde cedo; de um tempo em que os espaços para a prática da capoeira eram outros, acontecendo em bares, vendas e feiras muitas vezes em troca de uma água ardente; do tempo em que capoeiristas disputavam dinheiro no: pega a laranja no chão.

 
Como contribuição maior, o livro retira da sombra um grande Mestre da Bahia tornando o conhecimento sobre a capoeira angola mais complexa e para além dos limites Bimba/Pastinha. 

O livro contribui para uma inteligibilidade mais complexa e rica da capoeira. É o tipo de leitura que enriquece sem cansar, é para se ler numa tarde, tanto pela sua facilidade, quanto pelo prazer que proporciona.

Abaixo segue uma pequena reprodução da apresentação da obra como uma degustação, como uma comprovação do deleite da leitura desse material. depois de ler essas linha acredito que muitos irão a procura de adquirir o livro“O Barracão do Mestre Waldemar” , de Frede Abreu. Nela Frede conta como foi lubridiado pelo Mestre Waldemar


- * -


FREDE ABREU: Baiano, pesquisador não acadêmico sobre a capoeira. Desenvolve pesquisas regulares desde 1976.


domingo, 16 de setembro de 2012

9000 Visitas.

Obrigado aos colegas e amigos por prestigiarem a vivência deste blog: Veneno da Noite - Blog de Capoeira Angola. 

Aguardamos comentários de todos.


As novidades foram as visitas feitas da Republica Dominicana e de Moçambique.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

1° Encontro de Capoeira Angola - Itanhaém/SP

Mestre Zequinha ministrará no dia 22 de setembro (2012) uma oficina no 1° Encontro de Capoeira Angola da cidade de Itanhaém, no litoral de São Paulo. O evento é organizado pelo GCAI: Grupo de Capoeira Angola de Itanhaém.

Para aqueles que estiverem por perto, é uma grande oportunidade de vivenciar o trabalho de Mestre Zequinha fundador, em 1996, da Escola de Capoeira Angola Raiz de Angola sediada em Piracicaba, no interior de São Paulo - Brasil.

.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Capoeira Angola segundo Mestre Pastinha.

Documentário de 1991 rememorativo dos dez anos do falecimento de Mestre Pastinha e das atividades, no mesmo tempo, do Grupo de Capoeira Angola Pelourinho do Rio de Janeiro, realizado por Antonio Carlos Muricy.

Este vídeo mistura gravações de rodas realizadas com a presença de angoleiros cariocas e de outros estados como os Mestres Moraes, Neco Pelourinho, Zé Carlos, Braga, Marco Aurélio, Armandinho, Angolinha, Lumumba, Rogério, Valmir, Brinco, Manoel, por exemplo, com reflexões de Mestre Pastinha, o Guardião da Capoeira Angola, e uma pequena história da Capoeira, narrados por Mestre Brinco e Mestre Neco Pelourinho.

Boa sessão: 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...